O céu pode ser o limite, como pode ser apenas o começo. Ele espera por nós com sua  constelação, disposto a compartlhar o brilho de todos os seus astros, conforme nossos desejos e planos para escalar até ele e alcançar seu esplendor, traduzido em forma de conhecimento, autoconhecimento, sabedoria, muita luz interior e sucesso pelas conquistas.
Cada pessoa precisa saber o número de estrelas que sonha para si próprio, o trabalho que terá que desenvolver e ferramentas que precisará para essa escalada, o que cada estrela conquistada significará  e o quanto precisará agradecer a cada pontinho de luz visto daqui da terra,mas intensamente brilhante no céu.
Durante a vida, cada pessoa poderá ter uma, duas ou mais estrelas, conforme o tamanho dos sonhos. O fato é que não é fácil alcançar as estrelas, vestir seu brilho e poder mantê-lo sempre intenso a vida inteira. Para isso é preciso acreditar em si próprio, na vida, nas pessoas e principalmente no amor, beber o elixir da resistência  e se recriar a cada subida em busca de um novo ponto de luz, uma estrela.

As pessoas vivem suas histórias com possibilidades diferenciadas. Umas têm que  trabalhar muito para alcançar as estrelas em todas as suas formas, enquanto outras conseguem mundos sem se esforçar muito para ter. Há algumas que alcançam as estrelas sem escalar o céu, vão no avião da sorte . E sem nenhum esforço usufruem do seu brilho, algumas não conseguem valorizar a gratuidade da caminhada fácil e mesmo brilhando por fora, falta luz interior, pois não se veem por dentro.

Comments

comments


Ceiça Monteiro

Ceiça Monteiro - Acredito na força do pensamento e no poder das palavras, que precisam ser positivas para que nos tornemos mais iluminados.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *