Ser para Ter

imagem48

Nada mais bonito que  a sinceridade e a leveza das crianças, porque dizem o que sentem. Não percebem as misérias do mundo, mesmo quando maltratadas e vivendo em condições nada aceitáveis. Sabem sorrir ao primeiro afago, embora chorando uma grande mágoa. Elas tem o olhar dos anjos, otimista, esperançoso, não conhecem o rancor e nem mal.

A humanidade se isolou e ficou difícil alimentar e compartilhar sentimentos. Temos que buscar a criança que ainda existe em nós, resgatar a esperança,  valorizar o amor, as amizades, a gentileza, a solidariedade e o sorriso. Dessa forma,  encontraremos o sorriso do outro por onde passarmos, criando um elo de afeição.

O tempo nos dá a chance de ser alguém melhor, cuidadoso nas ações, justo nos julgamentos, esperançoso nas dificuldades e grandioso para viver  e conhecer o amor em todas as suas formas. Nada melhor que ser um livre prisioneiro de bons sentimentos.

Comments

comments

Ceiça Monteiro
Sobre a autora

Ceiça Monteiro - Acredito na força do pensamento e no poder das palavras, que precisam ser positivas para que nos tornemos mais iluminados.

Fique por dentro

Newsletter

queries in seconds.